13/10

Sociedade, Tecnologia, Educação e Trabalho são temas abordados em livros lançados por professores da FATEC Jundiaí

 

 

Os dois livros, lançados pela Editora Érica – Saraiva trazem reflexões sobre a cultura digital e suas relações com a sociedade, a educação e as relações de trabalho

“Sociedade e Tecnologia na Era Digital” e “Educação, Sociedade e Trabalho” são os livros lançados pelos professores Emerson Freire e Sueli Soares dos Santos Batista.     O primeiro livro aborda as relações entre técnica, arte e ciência, falando sobre a indústria cultural e a tecnocultura. É dividido em três partes: “Introdução às Relações entre Ciência e Tecnologia na Sociedade Contemporânea”, “Cultura” e “Questões Éticas e Políticas Envolvendo o Desenvolvimento Tecnocientífico”, com ensaios que se relacionam e que podem ser lidos na ordem da preferência do leitor, sempre partindo de exemplos cotidianos, da literatura, do cinema, etc. Este livro surgiu da experiência de ensino e pesquisa dos autores, especialmente a partir dos conteúdos e discussões presentes em disciplinas como “Sociedade, Tecnologia e Inovação”. Esta disciplina é uma das elencadas no grupo de Ciências Humanas (e multidisciplinares) que ainda resiste dentro de algumas grades dos cursos das FATECs. Sua ementa básica prevê o estudo dos impactos da tecnologia da informação na sociedade contemporânea. Este livro apresenta para esta disciplina e outras correlatas um importante ponto de partida para leituras, pesquisas e propostas de atividades em sala de aula. 

 

O segundo livro trata da abrangência destes termos (educação, sociedade e trabalho) e suas relações, vez que um sempre leva ao outro, inevitavelmente. Apresenta o contexto histórico e o surgimento da pedagogia e da escola moderna, assim como levanta reflexões sobre suas funções, perpassando as discussões sobre o mundo do trabalho e a juventude. Considerando os estudos em sociologia da educação, o livro pretende atrair o leitor para o debate contemporâneo sobre os desafios da formação escolar e profissional num contexto de grandes transformações econômicas, sociais e culturais que nem sempre garantem uma formação integral e emancipadora. Os autores entendem que a equação “acesso à educação = democracia” é muito simplificada e abraçam a tarefa de confrontar os termos “educação” e “democracia”. Compreendem que a educação não é apenas condição essencial para a democracia, mas o caminho pelo qual a própria democracia possa ser pensada extramuros dos indicadores apenas quantitativos das estatísticas governamentais.

Tanto o livro “Sociedade e Tecnologia na Era Digital” como “Educação, Sociedade e Trabalho”, surgiram do contato dos autores com a Editora Saraiva que, em 2012, lançou um selo para livros voltados a cursos técnicos e tecnológicos. A Editora, que incorporou a “Érica”, passou a lançar livros para estes cursos num novo formato. Escritos inicialmente para alunos de cursos técnicos e tecnológicos, estas obras visam contribuir para esse tipo de formação, carente ainda de uma abordagem mais abrangente quanto às relações entre ciência, tecnologia e sociedade. São voltados para o esforço de alfabetização científica e tecnológica, apresentando conceitos e reflexões de caráter histórico-filosófico, mas também mencionando exemplos e situações como ponto de partida para uma análise permanente e crítica. Neste sentido, as obras também se abrem para todo leitor interessado nas temáticas abordadas.

            Os autores dos dois livros são coordenadores do Núcleo de Estudos de Tecnologia e Sociedade (NETS), são editores da Revista Eletrônica de Tecnologia e Cultura e fazem parte da equipe de professores do Programa de Mestrado do Centro Paula Souza.

            Emerson Freire é doutor em Sociologia pela Unicamp e em Filosofia pela Universidade de Paris 1 – Panthéon Sorbonne -, França. Concluiu o mestrado em Política Científica e Tecnológica também pela Unicamp. Atualmente desenvolve pesquisa intitulada “Tecnocultura: a inserção do tecnólogo no mundo contemporâneo”. Desde 2003 é pesquisador do grupo de pesquisa CTeMe (Conhecimento, Tecnologia e Mercado), grupo vinculado à Unicamp, integrado por pesquisadores de diversas áreas de atuação.

            Sueli S. S. Batista é graduada em História pela Universidade de São Paulo (USP) e em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Possui mestrado e doutorado em Psicologia da Aprendizagem e do Desenvolvimento Humano, também pela USP.  Realizou pós-doutorado pesquisando sobre infância e tecnologia no Departamento de História e Filosofia da Educação da Faculdade de Educação da Unicamp.  Atualmente se dedica à pesquisa sobre os cem anos de educação profissional pública no Estado de São Paulo.    

 

Desenvolvido pelo aluno do curso ADS Marcelo Roman Junior Fatec Jundiaí - Todos os Direitos Reservados © 2016                                Atualizações Prof. Rafael Gross