05/10

FATEC Jundiaí realizou a Jornada Internacional de Linguagem e Tecnologia

No dia 12 de agosto, a Fatec Jundiaí realizou a Jornada Internacional de Linguagem e Tecnologia, que contou com a organização do GELTI – Grupode Pesquisa de Linguagem e Tecnologia da Informação da Fatec Jundiaí e da UNESP – Campus Rosana.

A Jornada Internacional de Linguagem e Tecnologia foi um importante passo para a consolidação do GELTI - Grupo de Estudos de Linguagem e Tecnologia da Informação e veio somar esforços no campo da pesquisa com outro Núcleo de Estudos já existente na Fatec Jundiaí, o NETS – Núcleo de Estudos de Tecnologia e Sociedade.

O objetivo do evento foi estabelecer discussões metodológicas que contribuíram com os projetos de pesquisa desenvolvidos pelas Instituições públicas de ensino superior Fatec Jundiaí e UNESP – campus de Rosana, parceiras no projeto Memória Ferroviária.
A jornada contou com as presenças de Ana Cabanes, representante do Museo del Ferrocarril de Madri, dos professores envolvidos no projeto e de seus respectivos orientandos.

No discurso de abertura a diretora da Faculdade de Tecnologia de Jundiaí,profa. Dra. Viviane Rezi Dobarro, enfatizou a importância do evento, por contemplar o tripé ensino, pesquisa e extensão e, ainda, oferecer ao aluno a oportunidade de conhecer o que tem sido desenvolvido no projeto detecnologia e linguagem da faculdade.


As responsáveis pelo evento e representantes do GELTI, profa. Dra. Lívia Maria Louzada Brandão e profa. Dra. Teresa Helena Buscato Martins da Fatec Jundiaí, fizeram a apresentação da programação da jornada e dos resultados
a serem alcançados com o evento. Na opinião da profa. Dra. Lívia Maria Louzada Brandão, “a Jornada Internacional de Linguagem e Cultura vem contribuir de forma positiva para as investigações na área da linguagem e de tecnologia propostas para o GELTI”.

A palestra de abertura foi proferida pela convidada Ana Cabanes, do Museo Del Ferrocarril de Madri, que falou sobre o seu trabalho voltado ao patrimônio bibliográfico e documental ferroviário. Em sua apresentação foram abordados os temas sobre linguagem ferroviária; os objetivos do trabalho; necessidades de restauro; história da cultura ferroviária, entre outros.
O evento também contou com as palestras do professor Dr. Eduardo Romero de Oliveira, da UNESP – Campus de Rosana, coordenador geral do Projeto Memória Ferroviária e da representante do Núcleo de Estudos de Tecnologia
e Sociedade da Fatec Jundiaí, profa. Dra. Sueli S. S. Batista, que abordou sobre a história oral e iconográfica do trabalhador dentro das oficinas da Cia. Paulista nos anos de 1950 a 1980.

A programação contemplou, também, discussões metodológicas sobre pesquisadores do Brasil e Espanha e contou com a participação do professor Jean Marcel Caum Camoleze, diretor do Museu Histórico e Cultural de Jundiaí.

Agência de Comunicação Fatec Jundiaí
Setembro/2013

Desenvolvido pelo aluno do curso ADS Marcelo Roman Junior Fatec Jundiaí - Todos os Direitos Reservados © 2016                                Atualizações Prof. Rafael Gross